(11) 3207-7618

Alexandre Donizete assume Secretaria Nacional dos Trabalhadores Urbanitários da UGT

Quinta-feira, 09 de Março de 2017

O presidente do Sindenel-Sindicato dos Eletricitários de Curitiba e Vice-Presidente de Assuntos Jurídicos da FENATEMA, Alexandre Donizete Martins, assumiu a pasta da Secretaria Nacional dos Trabalhadores Urbanitários da UGT. “ O companheiro Alexandre recebeu a missão de conduzir essa importante secretaria da central por sua relevante trajetória sindical em defesa dos eletricitários e de toda classe trabalhadora”, destacou o presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi. O presidente da central no Paraná lembrou que Alexandre Donizete já vinha ocupando a suplência da secretaria e agora assume a titularidade.

O setor urbanitário agrega importantes categorias de trabalhadores do setor energético e de abastecimento. “Para mim é um grande prazer poder ajudar ainda mais a UGT nessa importante secretaria. Há muito tempo alertamos os governos federal e estadual sobre as precárias redes de distribuição elétrica no Brasil. Se queremos um maior crescimento industrial, comercial e de serviços, a gestão pública tem de modernizar toda a malha de distribuição de energia no país. Senão estamos fadados a constantes blecautes, colocando em risco toda economia nacional”, destacou Alexandre Donizete.

O presidente do Sindenel lembrou ainda que os sindicatos urbanitários do Paraná continuam alertas quanto às intenções do governo estadual querer privatizar a Copel, Sanepar e outras estatais. “Essas empresas públicas são estratégicas para a autonomia paranaense de energia elétrica, água e abastecimento. Não podemos, em hipótese nenhuma, permitir que o setor empresarial tome essas empresas construídas com o suor do povo do Paraná”, denuncia Alexandre. O dirigente sindical lembra ainda que sindicatos das categorias dos urbanitários criaram a Frente Sindical em Defesa das Estatais Paranaenses: “esse é um momento de fortalecimento da classe trabalhadora, defendendo os interesses de toda população”, diz Alexandre Donizete.

Por Mario de Gomes-UGT

VOLTAR ÀS NEWS