(11) 3207-7618

Eletricitários malham e queimam o traidor: Michel Temer.

Segunda-feira, 17 de Abril de 2017

por Jailton Ferreira - São Paulo – No sábado de aleluia (15/04), dia cristão de malhar o Judas (que traiu Jesus) os Eletricitários de São Paulo usaram a tradição de malhação para protestar contra as reformas do maior traidor dos trabalhadores brasileiros, o Presidente Michel Temer (PMDB), que em pouco mais de 8 meses de mandato (ilegítimo) está destruindo por completo as relações de trabalho.

Veja todas as fotos clicando aqui.

Na praça da Sé, dirigentes do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo penduraram um boneco com uma máscara simbolizando o Temer, o traidor que vem buscando formas de crucificar os trabalhadores em todo o país, condenando-os ao desemprego, a quase escravidão, a precarização dos serviços e a aposentadoria impossível, ou seria melhor dizer morrer de tanto trabalhar.

O traidor Temer além de ser malhado ainda foi “queimado” atraindo muitas pessoas que passavam pelo local, e entoavam o coro de “fora temer’ e de “golpista”.

Eduardo Annunciato, “Chicão”, presidente do sindicato, aproveitou a oportunidade para convocar a população a participar da Greve Geral de 28 de abril, segundo ele, vai ser a oportunidade de cada cidadão do país a mostrar sua indignação promovendo um “apagão” geral no Brasil por 4 horas. “ Apagão contra as Reformas de Temer, cada cidadão pode contribuir para deixar país na escuridão por quatro horas, no dia 27/04, às 19h30, e no dia 28/04, às 07 horas, mostre sua revolta ao congresso” finalizou.

Os Eletricitários de São Paulo prepararam um vídeo ensinando como cada um pode ajudar a criar o apagão, que você pode assistir abaixo:

VOLTAR ÀS NEWS