(11) 3207-7618

Sanepar: Descaso total com os trabalhadores. Depois de tanto tempo, nenhuma proposta foi feita.

Quarta-feira, 15 de Fevereiro de 2017

Descaso. Depois de tanto tempo, nenhuma proposta aos trabalhadores, Sanepar? A pauta de reivindicações foi entregue em 08 de dezembro do ano passado! Até agora, não houve qualquer sinalização de avanços, por parte da companhia paranaense.

Com a expectativa de ouvir propostas, a direção do SAEMAC (Sindicato dos Trabalhadores no Saneamento) participou da primeira reunião para discutir o Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018, que aconteceu no dia 14 de fevereiro. “Acredito que o encontro frustrou os trabalhadores. Nossas propostas foram entregues ainda em dezembro do ano passado, faz mais de dois meses! A empresa precisa valorizar e reconhecer nosso ramo de atividade na área de saneamento”, explica Gerti José Nunes, presidente da entidade.

Além dos representantes do SAEMAC, participaram da reunião as seguintes entidades sindicais: SINDAEN, SINDAEL e STAEMCP. Os sindicatos que defendem os interesses dos trabalhadores na Sanepar acreditam que haverá grande mobilização para que os principais itens da pauta de reivindicações sejam aprovados. 

 

Reunião

Durante o encontro, foram lidas todas as 53 cláusulas da pauta de reivindicações dos trabalhadores. Os sindicatos se posicionaram em defesa da manutenção e conquista de direitos. De acordo com o presidente do SAEMAC, a expectativa é que esta negociação atenda as necessidades dos trabalhadores.

Ainda segundo o representante sindical, o ideal é que o Acordo Coletivo seja definido na mesa de negociação, porém “não temos como afirmar qual o posicionamento da empresa ainda. Esperamos que a empresa garanta as cláusulas mais importantes com suas devidas correções”, completou Gerti.

Empresa

Os representantes da Sanepar se comprometeram em levar as reivindicações dos trabalhadores, que foi entregue ainda no dia 08 de dezembro de 2016, ao Colegiado Diretivo da empresa. Esta primeira rodada de negociação encerra-se dia 23, quando será definida e apresentada uma efetiva proposta. Após estas definições, será marcada uma próxima mesa de negociação.

PCCR

Já em relação ao Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), durante a reunião ficou definido que as avaliações serão feitas até final março e o pagamento será feito em abril, retroativo a janeiro deste ano.

Fonte: Assessoria

VOLTAR ÀS NEWS